Mais nudes no whats app do GDF

logo001

 

Parece que o GDF é realmente o lugar certo para quem gosta de nudes, as famosas fotos de pessoas nuas que tomaram conta do whats app.

Primeiro foi o Secretário de Justiça João Carlos Souto que no dia 26/10/2015 enviou fotos de nudes para o grupo de whats app do GDF. Na ocasião, o Secretário disse que o filho foi o culpado pelo envio. Que papelão! Coitado do filho que teve que pagar pela ganância de sexo do pai.

Mas a tara por sexo do 1 escalão do GDF não tem limites. Nessa terça-feira, 24/11/2015, o Secretário de Educação, Júlio Gregório, não quis ficar atrás do Secretário de Justiça e aproveitou para gozar de sua cota mensal de nudes com os celulares funcionais pagos com o dinheiro dos contribuintes. Na verdade não era apenas um nude, mas cena de sexo explícito. Ao contrário do whats app do GDF esse blog não é pornográfico e poupará os(as) leitores(as) da visualização das imagens. Como João Carlos Souto já tinha “queimado” a desculpa de que quem enviou foi um familiar, sobrou para Júlio Gregório adentrar a teoria da conspiração e dizer que não sabe o que ocorre, ou seja, que hackearam seu celular. Melhor apelar para o perseguido político dos EUA Edward Snowden do que tentar impetrar a ideia de um motim dos filhos de secretários contra o governo caloteiro.

Há quem diga que a produtora de filmes pornográficos Brasileirinhas já está atrás do GDF para gravar. Algumas sugestões de título seriam ” Senta no calote”, “A paulada da polícia”, “O swinger dos sindicalistas”, “Passando a mão nos inativos”, “Justiça com as próprias mãos” e “Educação sexual”. E quem não iria querer, mesmo que na ficção, dar uma “espiadinha” nas fantasias sexuais dos “heróis” do governo que mais arrombaram os cofres do DF? Imaginem que na hora do clímax o ator que interpreta Rollemberg iria falar “só em outubro de 2016 e sem retroativo”. Quer sacanagem maior que essa?

Felizmente a filmagem desses filmes não deve passar de especulação, uma vez que no whats app do governo também estão outras sacanagens como negociação de propinas, como foi o caso do Diretor da Terracap também em 2015. Em menos de um ano o governo já provou que pode faltar dinheiro para tudo, menos para suas orgias virtuais. As produtoras da indústria de filmes adultos não utilizam verba pública para custear seus filmes, ao contrário dos celulares do GDF que figuram nas mais diversas notícias que não sejam de trabalho para a população.

Vamos ver quais serão as desculpas do caloteiro do PSB Rodrigo Rollemberg diante de mais uma denúncia de nudes. Que tal fazermos um bolão para ver quem será o próximo secretário a mandar nudes para o grupo do GDF?

Anúncios

Sobre ayanrafael

Pedagogo, Mestre em Educação pela Universidade de Brasília e graduando em Serviço Social pela mesma universidade. Professor de Atividades da SEEDF (Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal).
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s