Outra farra do Sinpro que você paga

collage

Quem será o 13.171 em 2018?

Sábado, dia 12 de março de 2016, vai ocorrer a festa de 37 anos do Sinpro. Até aí tudo bem, todo sindicato tem o direito de festejar seu aniversário. É até bom que o faça, mas essa não é a questão.

A festa será na Praça das Fontes do Parque da Cidade a partir das 15h30. Pergunta-se: a quem interessa uma festa de um sindicato aberta à toda a comunidade? Quais seriam os reais interesses atrás disso?

O que muita gente não sabe é que existe uma disputa ferrenha dentro de dois grupos que atuam na direção do Sinpro: de um lado Washington Dourado e seus 5 cavaleiros e, do outro, Rosilene Correia com mais 2 dezenas de cabos eleitorais. Essa disputa é, primeiramente, para saber quem é a figura pública do Sinpro. Consequentemente, quem ganha a disputa é automaticamente colocado como candidato do Sinpro a candidato distrital. Se Rosilene tem mais dinheiro e puxa-saco devido ao poder de sua corrente do PT, Washington ataca com seu blog, ainda que esteja cada vez mais desgastado pelas ações pelegas do sindicato e sua defesa do governo lambão de ONGnelo Queiroz.

Logo, no meio de tudo isso está a disputa de duas correntes do PT para saber quem será uma segunda Rejane Pitanga do sindicato. Pelo baixo clero, mas sem nenhuma chance de ir além do que seus sonhos permitem, vem Nelson Moreira Sobrinho (ex-diretor da regional de Ceilândia), também do PT e candidato a deputado distrital em 2010. Completam a lista outros nomes apagados do PC do B e falsos “independentes” lulistas. Agora fica fácil entender o motivo de uma festa do Sinpro ser elevada à categoria de panem et circensis no Parque da Cidade. Tudo isso pago com a sua contribuição sindical, claro!

O termômetro da disputa pelo trono de figura pública do Sinpro será a eleição pro sindicato que ocorrerá em 2016. Como a atual gestão do Sinpro não conseguiu absolutamente nada para a categoria o quê não falta é proposta de qualquer coisa, menos de luta política. Daí temos corrida, festa, atendimento psicológico e até a tentativa de se apropriar dos resultados do ENEM para a UnB, como se tivessem melhorado algo para os(as) docentes trabalharem com dignidade.

Podemos esperar que até a eleição do Sinpro no final do ano ainda vão ter muitas festas, algumas somente para os(as) professores(as), outras para propagandear o sindicato para a comunidade em geral. E todo mês quando você receber seu contracheque lembre-se que deu uma importante colaboração para o Sinpro eleger mais um deputado distrital do PT para a CLDF, pra não falar da parte da verba que vai para a CUT e para a CNTE.

E não se esqueça: em 2018, distrital é 13.171.

Anúncios

Sobre ayanrafael

Pedagogo, Mestre em Educação pela Universidade de Brasília e graduando em Serviço Social pela mesma universidade. Professor de Atividades da SEEDF (Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal).
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s