CUT e as eleições do SINPRO

chapa_2

A eleição para o SINPRO (Sindicato dos Professores) em 2016 tem concentrado muita baixaria. A CUT (Central Única dos Trabalhadores), preocupada em garantir suas dezenas de milhares de reais mensais que vêm do nosso bolso, começa a temer – com “m” minúsculo, que fique claro ao PCO (Partido da Causa Operária) – a vitória da Chapa 3 Alternativa.

As chapas 1 e 2 dizem que são propositivas e que não gostam de debate rasteiro, mas não é o que tem se visto na campanha para o SINPRO. Tanto a Chapa 1 como a Chapa 2 são cutistas. Se você acha que a atual gestão do SINPRO que nada conquistou durante 3 anos deve continuar à frente do sindicato, então você pode votar na Chapa 1. Ou na Chapa 2! Sim caro(a) leitor(a), é isso mesmo que você leu: há duas opções para você votar para a CUT continuar com a mão em seu bolso e fechando os olhos para os projetos que visam cortar direitos dos(as) trabalhadores(as).

A Chapa 2 não tem nenhuma crítica à atual gestão. É só uma chapa laranja da CUT que se inscreveu para atacar a Chapa 3 enquanto a Chapa 1 passa incólume aos seus devaneios políticos. Aliás, a Chapa 2 não passa de uma única só pessoa, assim bem redundante mesmo: Thelma Maria. Ora, não sou eu quem quer individualizar a questão. Vejamos a publicação do perfil da Chapa 2 no dia 3 de maio às 07h23, com o print abaixo que é para não editarem ou apagarem de sua página:

thelma_campanha

Em vez de “programação da Chapa 2 para essa semana” poderiam ser mais sinceros e divulgar como “programação da Thelma Maria para essa semana”.

Ora colegas, está certo de que isto é qualquer coisa, menos uma chapa que concorre ao SINPRO. É inegável que a CUT preza pela personificação ao invés de processos coletivos, ou seja, constrói os candidatos a deputado do PT utilizando a verba que recebe de sindicatos como o SINPRO. Foi assim com Rejane Pitanga em 2010, pra citar o exemplo mais recente. Seria assim com Washington Dourado, não fosse o escândalo do sonho da casa própria (sonho mesmo). Logo, parece que a CUT só queria mesmo a assinatura dos professores para registrar a Chapa 2 e colocá-la como moleque de recados da Chapa 1. Então a Chapa 1 faz campanha e utiliza a Chapa 2 para atacar a Chapa 3, que cresce exponencialmente o seu apoio na categoria.

E se você não gosta de picuinha durante a eleição – e principalmente após ela -, então é bom não deixar que a CUT fique mais 3 anos afundando o SINPRO. Vários foram os professores que não se sindicalizaram ou retiraram a sindicalização com a atual diretoria, um recorde que dificilmente será batido. A Chapa 2 sabe disso mas, novamente, em seu jornal, parece que os problemas do mundo são todos culpa da Chapa 3, única de oposição ao SINPRO. Veja você mesmo(a) colega se é a Chapa 3 quem não quer debater propostas:

chapa2_quemequem

Olha só o absurdo, dizer que a Chapa 3 é do Rollemberg quando somos oposição à ele desde a época em que ele se candidatou ao senado e não somente agora que “roubou” a reeleição do corrupto ONGnelo do PT. Pergunte ao PCO, ou melhor, à Chapa 2, se eles reclamavam do Rollemberg em 2010 quando este se elegeu senador com apoio do ONGnelo e apoiando o mesmo:

31/08/2010. Crédito: Carlos Silva/Esp. CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Eleições 2010. Candidato a governador do Distrito Federal pelo Partido dos Trabalhadores - PT, Agnelo Queiroz, durante almoço com Tadeu Fillipeli, Rodrigo Rollemberg, Cristovam Buarque e ruralistas em galeteria do Lago Norte.

31/08/2010. Crédito: Carlos Silva/Esp. CB/D.A Press. Brasil. Brasília – DF. Eleições 2010. Candidato a governador do Distrito Federal pelo Partido dos Trabalhadores – PT, Agnelo Queiroz, durante almoço com Tadeu Fillipeli, Rodrigo Rollemberg, Cristovam Buarque e ruralistas em galeteria do Lago Norte.

Outro problema do jornalzinho do PCO: querer reduzir as chapas a 3 pessoas! Pior ainda: Thelma se colocar como salvadora da pátria. Certamente essa Veja Trotskysta não passou pela aprovação dos(as) professores(as) da Chapa 2, que devem estar atônitos vendo a Chapa 2 se transformar num comitê de campanha de “vote Thelma 29algumacoisa” e não de campanha de sindicato.

Aliás, até onde eu saiba antecipação de campanha a deputada distrital é crime, mas pra Thelma Maria 2018 é agora. E pra você que ainda não lembra quem é Thelma Maria, basta lembrar que foi ela quem apresentou a sugestão de “greve geral até o retorno dos dinossauros” na Assembléia de 23/02/2015 no Buriti, uma proposta bomba que ninguém entendeu direito – e nem era pra entender – e fez com que perdêssemos a votação do início da greve em fevereiro. A proposta da oposição (Alternativa e independentes), mais palatável, teve mais votos que a proposta da Chapa 1 de não iniciar a greve naquele momento e, ainda assim, Júlio (eterno diretor do SINPRO que tenta sua rererererereleição) encerrou a assembleia dizendo que a proposta da diretoria tinha ganhado. Você se lembra disso professor(a)! Foi aquela assembleia que você saiu xingando, “p da vida” com o sindicato e a manipulação do resultado. Pois é, agradeça à CUT pela proposta bomba feita por Thelma. O resultado daquela assembleia todo mundo sabe: Rollemberg enfraqueceu a categoria no segundo mês de governo e aplicou o calote em outubro do mesmo ano, congelando nossos salários e impedindo campanha salarial por quase todo o seu mandato, fora a continuidade do sucateamento das escolas públicas feitas por este governo.

Bem, não poderia finalizar este texto sem fazer uma analogia à altura da Chapa 2, este antro de sabedoria política em meio ao caos marxista que representa todo o resto do mundo. A Chapa 2 fará história: será uma das últimas lembranças do PCO, o partido que tem tanta importância histórica quanto o Fofão na Fórmula 1. Em abril deste ano, 38 militantes saíram do PCO porque achavam o partido muito governista. Os encontros nacionais de toda a militância do PCO, que ocorriam na casa de alguém devido ao baixo número de filiados(as), agora podem ser feitos telefonando diretamente para o Rui Costa Pimenta. Na prática, já é assim que essa legenda de aluguel do PT funciona há anos.

Anúncios

Sobre ayanrafael

Pedagogo, Mestre em Educação pela Universidade de Brasília e graduando em Serviço Social pela mesma universidade. Professor de Atividades da SEEDF (Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal).
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para CUT e as eleições do SINPRO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s